Olá, pessoal!

Sejam bem-vindos ao Blog da Biblioteca Infantil do Museu Imperial: a ROCAMBOLE! Estou muito alegre e orgulhoso em apresentar para vocês este espaço cheio de novidades. Meu nome é Rocambole, o mesmo do meu bisavô, um importante cachorro que viveu bem antigamente. Sabem por quê? Já conto! Meu bisavô Rocambole foi cachorro de estimação da princesa Isabel e com ela viveu bons e animados momentos. Nas histórias de minha família se conta que o que ele mais gostava era ouvir a princesa tocar piano e ficar ao seu lado enquanto ela lia. E como a princesa gostava de ler! Lia tanto que até meu bisavô passou a admirar as histórias dos livros dela.

Como meu bisavô, eu também gosto muito de ouvir histórias. Com elas posso conhecer vários lugares, animais e pessoas diferentes, aprender coisas novas, me divertir... Quando leio ou ouço uma história é como se eu estivesse fazendo uma interessante viagem. E é por isso que estou aqui para apresentar este Blog a vocês e convidá-los a participar das atividades da Biblioteca Rocambole, lugar onde todos também poderão fazer “viagens” encantadoras. Neste espaço vocês ficarão por dentro da programação da Rocambole, terão dicas de livros e autores interessantes, poderão trazer sugestões para a nossa Biblioteca, entre muitas outras atividades. Estarei sempre por aqui para contar as novidades da Rocambole e espero encontrar todos vocês muitas e muitas vezes.


terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Conhecendo um pouco grandes autores

Não existe uma criança ou até mesmo um adulto que não se divirta com  " Até as princesas soltam  pum", de Ilan Brenman. Ainda não ouviu falar dele?! Vamos conhecê-lo um pouco?



Ilan nasceu em Israel em 1973, mas mora no Brasil desde 1979. A entrada para o mundo da literatura infantojuvenil, começou quando ainda cursava Psicologia na PUC-SP. Em 1992, trabalhando como estagiário num projeto de educação informal, Ilan encantava as crianças cantando histórias.


Agora, veja que legal! Em 1997, ele participou do projeto Biblioteca Viva, da Fundação Abring. Durante cinco anos trabalhou na formação de educadores de creche em comunidade de risco. Ainda mais encantado com o universo infantojuvenil, continuou seus estudos, fez mestrado e doutorado na Faculdade de Educação da USP. Defendendo sempre a literatura infantil e juvenil, assim como o respeito à inteligência e a sensibilidade da criança e do jovem leitor.


Os livros de Ilan Brenman são tão legais que vários dos seus livros  já ganharam o selo de "Altamente Recomendado"! E mais! Desde 2011 outros países conheceram as obras deste grande autor. Dinamarca, Itália, Coreia, México, Polônia e China são alguns dos países que já possuem livros publicados do Ilan!


Atualmente, além de continuar escrevendo e nos encantando com suas histórias, ele também  é palestrante, participa de mesa de debate em feiras de livros, escolas, universidades públicas ou privadas. 


E aí gostaram?

Até a próxima!!

Tchau tchau! 

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Fácil de fazer

Oi pessoal !!

Entre uma leitura e outra fazer um lanche é muito legal, não é verdade?   Mas, se o lanche for saudável e fácil de fazer torna-se ainda melhor. Por isso, a dica  do lanche é: CHIP DE BATATA-DOCE !!




INGREDIENTES:

* 2 batatas-doces
* Òleo de coco
* Sal e tomilho a gosto

MODO DE PREPARO

* Corte as batatas-doces em rodelas de tamanho uniforme;
* Separe um prato e cubra com papel toalha;
* Coloque as rodelas uma ao lado da outra;
* Dê uma pincelada rápida  com o óleo sobre as batatas, polvilhe com tomilho e pouco sal;
* Leve ao micro-ondas por 5 minutos;
* Retire, vire todas as batatas e leve novamente ao micro-ondas por mais 4 minutos;


E bom apetite !!

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Hora de conto

No dia 23 de novembro, os alunos do Centro Educacional Monteiro Lobato estiveram na Biblioteca Rocambole e participaram da Hora do conto. Ouviram a história "O Amigo do Rei", de Ruth Rocha. 


Antes, no entanto, tiveram um momento de reflexão sobre o dia 20 de novembro, dia da consciência negra. Conheceram um pouco sobre a história do Zumbi dos Palmares e da Princesa Isabel, que com a assinatura da Lei Áurea em 1888 proibiu a escravidão no Brasil legalmente.



livro faz uma abordagem fantástica sobre a escravidão. Ela conta a história de duas crianças que se tornaram amigos em um tempo em que negros e brancos não costumavam ser. E o incrível é que ela conta de uma forma mais resumida o fato de que os escravos em sua terra natal eram reis e rainhas.

Durante a contação da história os alunos do CEMO (Centro Educacional Monteiro Lobato), foram analisando as ilustrações e percebendo o sentimento dos personagens e a diferença entre si. Uma vez que Ioiô era patrão e Matias escravo  tinham uma maneira diferente de se vestirem.

Já na Biblioteca Rocambole, deixaram a imaginação fluir com os fantoches, se encantarem com os livros e se divertiram com os jogos e brinquedos que fazem parte do acervo da biblioteca.











terça-feira, 22 de novembro de 2016

Sugestão de leitura

Olá pessoa!!


Em homenagem ao dia 20 de novembro, dia da consciência negra

Sugerimos a leitura do livro:


Dandara é uma linda menina que ganha o que mais deseja no seu aniversário de 13 anos: um diário. Nesse diário ela apresenta e relata o dia a dia da sua família, escreve suas ideias, desejos e as histórias que sua bisavó, Ayodele, lhe conta sobre seus antepassados e sua terra natal: A mãe África.

Quais histórias Dandara resolve escrever no seu diário e por quê?

Vamos descobrir?

Vocês poderão encontrar este livro na Biblioteca Rocambole!



Classificação etária: a partir de 08 anos ( amarelo – 230 )